terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A nova Secretária de Estado da Saúde não será um caso raro



«A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo é a que revela compras de produtos a preços mais estranhos.Veja-se esta listagem: "Aquisição de 14 módulos de três cadeiras em viga e 10 módulos de duas cadeiras em viga" está apreçado por 375,6 mil euros.Outro exemplo."Um armário persiana, duas mesas de computador, três cadeiras com rodízios, braços e costas altas" está para adjudicar por 97 560 euros.Uma distracção com cifrões? Não é a primeira, nem a segunda... a mesma ARS terá mandado proceder a reparações de duas fotocopiadoras por 45,1 mil euros.» Esta informação foi publicada pelo Diário de Notícias em 1 de Fevereiro de 2009. À data, Rosa Matos Zorrinho, a nova Secretária de Estado da Saúde, era a presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo (cargo que ocupou entre 2005 e 2011), e transita para o Governo directamente da presidência do Conselho Directivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT). Tendo em conta que Rosa Zorrinho vira governante na sequência de um escândalo associado a despesismo e gestão danosa de uma IPSS suportada com fundos públicos (a Raríssimas), o Má Despesa quis também saber como tem sido gasto o dinheiro da ARSLVT mas o Portal Base não deixa, encontrando-se inoperacional. Viva a democracia portuguesa!

5 comentários:

  1. Viva,

    Podem o usar o site http://publicos.pt/ como alternativa mais agradável.

    ResponderEliminar
  2. O Facebook não teria páginas suficientes para relatar tudo o que vai por este país em termos de despesismo.

    ResponderEliminar
  3. SE é verdade este despesismo suspeito, pois não existem preços desses no mercado para tais bens, e não se tratar de mais uma mentira de (des)informação, a notícia é bastante grave!

    ResponderEliminar
  4. O problema é que as pessoas não têm preparação para os cargos que ocupam, pois para a administração devia ser alguém formado em Gestão ou Economia e escolheram uma pessoa formada em Sociologia, que os espertalhões enganam nas contabilidade. As pessoas nascem boazinhas, mas o mundo dá cabo delas.

    ResponderEliminar