terça-feira, 6 de janeiro de 2015

O longo Abraço de Margarida Martins


Margarida Martins parece esforçar-se para ter um lugar cativo no Má Despesa Pública. Primeiro porque a Junta de Freguesia de Arroios, em Lisboa, onde é presidente, não publicava contratos no Base, depois porque parecia ter bolsos fundos para tudo o que fosse marketing. Agora que a Junta percebeu que era obrigada por lei a publicar os contratos no Base, começa a perceber-se quais os critérios de contratação por ajuste directo. Dois exemplos:
- Gonçalo Alexandre Chaves Lobo conseguiu um ajuste directo, no valor de 25.200 euros, para a “aquisição de serviços no âmbito de projectos/protocolos alocados à acção social/educação”. Gonçalo Lobo é actualmente presidente da Abraço, associação de que Margarida Martins foi presidente durante 21 anos. 
- João Luís Valente Pires obteve um ajuste directo de 36.000 euros para a “aquisição de serviços de consultadoria técnica e gestão de instalações ao executivo”. E quem é Luís Valente Pires?  “Foi director de campanha de Margarida Martins e é marido da presidente da Assembleia de Freguesia de Arroios, Anabela Martins Ferreira da Silva Valente Pires”, refere ao Má Despesa um leitor. 

Nota: Nas últimas semanas o Má Despesa tem relatado situações preocupantes na forma como as juntas de freguesia de Lisboa gerem o seu dinheiro. Será que mais ninguém se preocupa com estas situações?

23 comentários:

  1. Também eu me questiono onde podemos nós fazer uma denúncia acerca destes abusos!
    Devemos relatar ao Ministério Público? À PSP? GNR? Ao Pateta? Ao Mickey?
    É que com tantos indicios, com dinheiros nossos, deveria ser crime de lesa pátria fazer este tipo de ajustes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que não há muito a fazer na medida em que estes contratos parecem ser perfeitamente legais. Isto não significa que a situação não possa ser moralmente reprovável e muito pouco transparente. Casos como este parecem ser relativamente comuns na admnistração local e sem grandes consequências - na medida em que as pessoas não se querem preocupar com isto.

      Eliminar
  2. É realmente preocupante... e são aos milhares os exemplos espalhados por Portugal!

    ResponderEliminar
  3. o segundo senhor ainda recebe como funcionário da CML e como Deputado da AML.

    ResponderEliminar
  4. O Sr João Valente é funcionário da Câmara, no DAOSM. Foi, no anterior mandato, chefe de gabinete do vereador Manuel Brito. Deve ter tirado um curso de gestão de instalações por correspondência, dado que passa os dias nos corredores do edifício da Rua do Ouro agarrado ao telemóvel...

    ResponderEliminar
  5. Sempre achei que esta senhora, nos 80's conhecida como a 'Gorda do Fragil', teve uma ascensão meteorica.........
    A posição de poder de que beneficiou como Porteira de uma Discoteca, deu-lhe as conecções e o impulso necessarios para uma 'Participação Especial' notoria, nesta novela Nacional Corruptiva.

    ResponderEliminar
  6. No início de Dezembro (2014) surgiu inesperadamente no relavado do jardim Henrique Lopes de Mendonça (Praça José Fontana) uma enrome cratera (1/3 do relvado). Tratava-se, afinal, de uma obra da JF Arroios de construção de um parque infantil. Independentemente da pretinência social do parque, a obra não foi devidamente noticiada, não se encontrava publicada em qualquer edital da JF Arroios nem teve direito a discussão pública, o que leva a crer que o procedimento de contractação da obra também não foi realizado correctamente.
    Resultado: uma obra macaca de gosto "bimbo" com um enorme impacto visual e ambiental que destruiu aquele belo jardim histórico, agora com uma placa que ostenta narcisicamente o nome "Presidente: Margarida Martins".
    Podia-se ter feito um parque infantil de forma integrada e civilizada, sem cimento e sem destruir o relvado. Já questionei a CM Lisboa sobre este atentado ao património da cidade mas ainda não obtive resposta.

    ResponderEliminar
  7. Como freguês de Arroios também sou confrontado com gastos de comemorações de Halloween e concertos para "alternativos" e "hibridos", escudando-se esta senhora com a falta de verbas para atender pedidos de auxílio para as colectividades da freguesia (vidé o estado em que se encontra o prédio onde está esta colectividade), estas sim aglutinadoras de pessoas para as vertentes sócio-culturais e não sómente para copos, música e fumos. Será mais interessante a publicação de um jornal em outras três línguas, utilizadas por minorias, esquecendo que ainda são maioria, todos aqueles que aqui nasceram e contribuiram com os seus impostos/taxas e que cimentaram ao longo do tempo o bairrismos outrora pujante desta freguesia. Ademais como a sede da Junta passou mais para sul (outrora Pena) parece-me que a antiga freguesia de S.Jorge de Arroios passou para 3º e último plano. Parece-me...

    ResponderEliminar
  8. Se analisarem bem as conta da Associação que presidia vão descobrir o buraco negro que deixou! Buraco esse que é do conhecimento da actual direcção! Sendo financiada com dinheiro público somos nós que pagamentos as contas e o buraco continua a aumentar!
    Basta analisar e virão o quanto do nosso dinheiro está a ser mal gasto e a encher outros bolsos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na mesma linha- o dinheiro das dádivas mal usado, constatamos que muitas Assoc, ditas beneméritas, usam os dinheiros duma forma pouco eficiente, e claro quem sofre são os que precisam e ficam sem apoio. Triste foi ver como as forças politicas geriram o caso Tecnoforma, que poderia dar um ponto de partida para uma analise mais detalhada e importante, sobre o que se perde nesta ONG de fachada.
      Perdeu-se uma boa oportunidade pelas mãos dos oportunistas, que têm mais telhados de vidro que todos e se seduziram por zurzir no lajanrinha Passos: que se lixem os necessitados!! uma vergonha. do laranjinha e dos adversários.

      Eliminar
    2. Preocupo-me e muito. vivo na freguesia de Arroios e passeio bastante por lisboa. posso dizer que é a freguesia mais suja de lisboa. a rua onde moro : rua capitão Renato Batista é de um desleixe inenarrável: papeis, seringas, cócó de cão, cartões, colchões preservativos, há de tudo no meio do chão. Mais ainda, a junta da Pena tinha na escola nº 1 uma série de atividades extracurriculares para crianças. tudo isso acabou desde que margarida martins tomou posse. ouvi dizer que quer fazer uns paineis de azulejos no largo do paço da rainha e mandou encerrar o café restaurante no belissimo jardim dos Martires da Patria, café onde as pessoas que ali vivem iam frequentemente e nos faz a maior das faltas.na almirante reis nunca vejo um varredor ou um carro de limpeza. enfim...estou apensar mudar-me para outra freguesia...Maria José Tavares

      Eliminar
    3. Uma correcção: é Campo de Santana, é o verdadeiro nome, como o da ponte, é Salazar. Há que abrir os olhos, ser objectivo e positivamente mas exigente e não pactuar com esta malta de mente totalitária, mascarada de democrata.

      Eliminar
  9. Lembram-se do destino de algumas ofertas destinadas à Associação Abraço? E que tal aquela do quadro oferecido e que subitamente mudou de destinatário? Só quem tem memória curta ou se torna conivente é que vota em semelhante criatura...Enfim, mais do mesmo.

    ResponderEliminar
  10. É a linda gestão do Costa à frente da CML. Por isso esta gente apoia o Costa

    ResponderEliminar
  11. Já dizia Aquilino Ribeiro " Portugal é lauta boda, lobos famintos comei"
    Mas ninguém trata desta porca

    ResponderEliminar
  12. Esta é uma situação que não me admira nada,pois á uns anos esta senhora vangloriava-se num restaurante no Bairro Alto (Cantinho da Rosa) que enquanto houvesse Pobres,Sem Abrigo e pessoas c/Sida ela tinha o futuro garantido (na mesa atrás dela estava eu a ouvir a conversa dela c/uma assistente social da Misericórdia de Lisboa,as duas boas Amigas),mas pior que tudo isto faz Santana Lopes na Misericórdia de Lisboa só em 2013 Contratos de Ajuste Direto aos Amigos foram mais de 26 Milhões de Euros e os Pobres continuam a desesperar por ajuda.

    ResponderEliminar
  13. Estas são as verdades das mentiras dos ditos de esquerda, que na verdade não têm caracter nem moral para qualquer direcção, a não ser para se governarem a eles próprios. Tal como acontece no Brasil do PT-Partido dito dos "Trabalhadores" com a máxima esploração dos dinheiros públicos em seus próprios benefícios...e não se contentam com pouco, pois pretendem assegurar os seus reinados de nababos milionários até á 5ª Geração...E infelizmente o povo votante não tem cultura suficiente para saber escolher os seus representantes...e quando acorda já é tarde.

    ResponderEliminar
  14. Que Deus nos ajude se os socialistas ganharem as eleições. Vão de imediato recomeçar a destruir o país e o (muito pouco) que este governo tem feito. Em minha opinião, estes partidos do governo devem ganhar as próximas eleições, não por mérito mas por castigo Digo isto porque se eles ganharem, a responsabilidade pelos autênticos crimes que têm sido cometidos estará sempre bem clara e quando chegar a hora de serem responsabilizados a sério, saberemos muito bem quem eles são. Se a responsabilidade se dispersar por outros partidos, então é que o povo português estará bem tramado, pois no momento próprio ninguém vai ter culpa de nada, e todos irão culpar o anterior. E atenção que cheira-me que as nossas desgraças ainda nem sequer vão a meio.

    ResponderEliminar
  15. Esta sra, fez remodelações num mercado pertencente à Junta de Freguesia e, com dinheiros previstos para tal,teve o descaramento de pedir aos comerciantes, uma verba para ajuda das pinturas e, quem contribuiu, pediu recibo e, ela não deu.Para quem foi o dinheiro? Esta sra tem que ser investigada pois, já são muitos casos juntos.

    ResponderEliminar
  16. Esta sra, fez remodelações num mercado pertencente à Junta de Freguesia e, com dinheiros previstos para tal,teve o descaramento de pedir aos comerciantes, uma verba para ajuda das pinturas e, quem contribuiu, pediu recibo e, ela não deu.Para quem foi o dinheiro? Esta sra tem que ser investigada pois, já são muitos casos juntos.

    ResponderEliminar
  17. Esta sujeita, é uma mais, na lista de corruptos deste País. Por motivos como estes, Portugal é o 5º país mais corrupto do Mundo.
    E só sabemos uma pequena parte do que fazem....

    ResponderEliminar
  18. Agora ao pé da Junta de Freguesia de Arroios, umas oficinas com pessoal da direção e gestão sem formação a receber como técnicos superiores, e voluntários com formação e cursos em Física, Engenharia a fazerem Voluntariado sem serem pagos, seja nem dinheiro para comer.

    ResponderEliminar
  19. Acho horrível as suspeitas sobre a Guida, lá porque ao fundar a Abraço, que destinava 90% do seu orçamento para salários sendo o dela, ao tempo, de 400 contos, não quer dizer que não seja uma esforçada defensora dos fracos e oprimidos.
    Nota . informações extraídas da comunicação social.
    " A vida é bela para quem a sabe viver! "

    ResponderEliminar